South Texas Project

Estudo de Caso

Setor: Petróleo e Gás


A South Texas Project Electric Generating Station (STP) é líder no setor de energia nuclear e uma das maiores e mais novas usinas nucleares do país. A STP emprega 1.200 pessoas e opera dois reatores que produzem 2.700 megawatts de eletricidade livres de carbono, oferecendo energia limpa a 2 milhões de lares texanos. A cultura e os valores centrais da companhia têm por foco a segurança, a integridade, o trabalho em equipe e a excelência.

O Desafio

Quando uma companhia existe para produzir eletricidade e falha em fazê-lo, os relacionamentos se desgastam. Foi o que aconteceu com a STP, quando uma série de complexos problemas técnicos resultou na paralisação de um reator nuclear.

“Vi comportamentos se degradando, pessoas trocando acusações e equipes se isolando e não mais trabalhando em conjunto como tínhamos sido treinados”, diz Ed Halpin, presidente e CEO da STP, empresa com 1.200 funcionários situada a cerca de 130 quilômetros de Houston.

A STP conseguiu resolver a crise e reativar o reator, mas a experiência deixou cicatrizes emocionais nos funcionários mais antigos.

“Percebi que não tínhamos as ferramentas de liderança capazes de envolver as pessoas em um diálogo sem emoções ou sem que uma parte ficasse julgando a outra”, diz Halpin. “Essa deficiência, em alguns casos, prolongava a resolução de problemas.”
O CEO decidiu encontrar uma forma de preencher essa lacuna.

O Treinamento

Um consultor mencionou o treinamento Conversas Cruciais, da VitalSmarts. Intrigado, o executivo decidiu conhecê-lo.

“Os comportamentos que o Conversas Cruciais promove são muito tangíveis e realistas. São observáveis, repetíveis e nos dão estrutura”, diz Halpin. “Além disso, o (treinamento) complementou nosso modelo de liderança, baseado em cooperação e trabalho conjunto.”

Halpin analisou outras opções, mas optou for ministrar um piloto do Conversas Cruciais para vinte partes interessadas, de diferentes setores da organização – de vice-presidentes executivos a operários.

O piloto foi um sucesso. Halpin o descreve como uma “oportunidade de aprender o conteúdo e de colocar as habilidades em prática imediatamente, promovendo desempenhos melhores.”

A STP começou oferecendo o curso de dois dias de doze a quinze vezes ao ano, treinando vinte funcionários por vez, até que todos os 1.200 tivessem sido capacitados. O programa ainda é oferecido dez vezes por ano, e é obrigatório para todos os novos gestores e supervisores. Terceiros também são bem-vindos. O próprio Halpin é um dos vinte e cinco instrutores certificados da empresa, e ministra pelo menos um curso por ano.

Resultados

Halpin analisa o desempenho geral da usina para calcular o impacto do Conversas Cruciais.

Desde o início do programa, seis anos atrás, nenhuma outra usina com dois reatores do país conseguiu superar o volume de eletricidade gerado pela STP. Como as plantas têm a mesma capacidade nominal, essa é uma conquista e tanto para a STP e significa que seus funcionários estão operando em um patamar muito mais elevado para conseguir gerar essa energia adicional.

Em 2007, um dos reatores da usina foi o mais produtivo do mundo em termos de capacidade de geração de eletricidade – e nem era o maior.
A planta também está entre as 25% melhores em termos de racionalização de custos.

“Esses números dizem muito. Resultados assim contam”, diz Halpin. “O Conversas Cruciais teve um papel fundamental na conquista desses resultados.”

Segundo ele, o programa afeta o desempenho das pessoas porque ajuda a solucionar questões que normalmente não seriam solucionadas. Quando um indivíduo deixa de cumprir com o combinado, a outra parte consegue realizar uma conversa difícil franca com essa pessoa, ao invés tolerar silenciosamente esse comportamento. Essa conversa é feita de uma forma consistente com os valores centrais da companhia de promover uma cultura colaborativa baseada em trabalho em equipe.

“Todos os dias, conseguimos chegar ao âmago de questões incrivelmente difíceis; além disso, o diálogo contribui para que não tenhamos de lidar com os mesmos problemas repetidas vezes”, diz Halpin. “Já vi problemas que costumávamos tolerar por anos desaparecerem após praticarmos as conversas cruciais.”

Por exemplo, uma paralisação programada deveria durar quarenta dias, mas se arrastou por cinquenta, por conta de problemas com os prestadores de serviço.

“Poderíamos ter saído dessa experiência trocando acusações mútuas e dizendo coisas como, ‘Vocês precisam tomar jeito’, ou ‘Que isso não se repita’. Em vez disso, iniciamos uma conversa crucial, usamos as ferramentas do programa e discutimos os problemas.”
Depois disso, a mesma equipe conseguiu realizar a próxima manutenção em trinta e cinco dias.
Em outro caso de sucesso, dois operários sentiram-se confortáveis e preparados para abordar Halpin em seu escritório e expor um ponto que consideravam deficiente no novo programa de treinamento técnico multimilionário que o executivo acabara de apoiar. Usando as habilidades do programa Conversas Cruciais, Halpin chegou ao cerne das preocupações e descobriu como ajustar o treinamento técnico de modo a preparar melhor os funcionários.

Para manter esses ensinamentos sempre atualizados, a STP inclui uma reciclagem de 7 minutos do Conversas Cruciais nas reuniões semanais dos líderes. Essas reciclagens são ministradas pelos instrutores certificados da companhia.

“Isso já se tornou parte de nossa linguagem. Perguntamo-nos consistentemente: “Estamos tendo uma conversa crucial?” Halpin diz. “As conversas cruciais são parte de quem somos e de como nos dirigimos uns aos outros diariamente.”

Ele atribui parte do sucesso do programa Conversas Cruciais às milhares de horas de pesquisa que embasam o material.
“A ciência por trás dele é impressionante”, diz ele. “O conceito de que nossas emoções geram nossos comportamentos porque contribuem para as histórias que contamos a nós mesmos é muito lógico e certeiro.”

Halpin também gosta da forma como o material é apresentado – uma combinação de exercícios e vídeos e uma mescla de humor e seriedade.

Halpin está tão impressionado que fala do curso com seus pares e com qualquer pessoa que se disponha a ouvi-lo.
“Essas ferramentas da VitalSmarts são espetaculares, independentemente do tipo de organização ou segmento de atuação”, ele diz. “Quero promover a universalidade dessas habilidades.”

Convidados por Halpin, vários executivos já estiveram na usina para observar como o treinamento Conversas Cruciais funciona na prática. Os visitantes sempre vão embora impressionados. “Digo a eles que as conversas cruciais são um componente essencial da cultura que ajudou a STP elevar seus padrões de desempenho”, diz o CEO.

“O Conversas Cruciais era a peça que faltava, e nos ajudou a atingir um novo patamar de desempenho. Foi essencial para o sucesso de nossa companhia e será vital para a STP nos próximos anos.”

Sobre o Treinamento Conversas Cruciais®

Quando você não estiver conseguindo os resultados desejados, é provável que isso se deva à falta de uma conversa crucial. Não importa se o problema é falta de qualidade, demora no lançamento de produtos ou serviços, queda no índice de satisfação do cliente ou relacionamentos desgastados – se você não conseguir ter uma conversa honesta, terá resultados insatisfatórios.

Este treinamento premiado torna o tempo em sala de aula mais inspirador utilizando vídeos e exemplos originais. O curso tem um ritmo ativo e engajador, com simulações estruturadas e muita participação dos alunos. O curso Conversas Cruciais fornece um conjunto poderoso de ferramentas de influência que constrói equipes, enriquece relacionamentos e melhora os resultados finais. Os participantes adquirem habilidades que lhes dão segurança para expor suas opiniões e lidar com questões delicadas.

Sobre a VitalSmarts

A VitalSmarts é uma inovadora em treinamento corporativo e desempenho organizacional. A empresa é responsável pelo premiado Treinamento Princípios da Influência e pelo livro Influencer: The Power to Change Anything (Influenciador: o poder de mudar qualquer coisa), um campeão de vendas do New York. Por seis vezes, a revista Inc. incluiu a VitalSmarts em seu ranking de empresas que mais crescem nos EUA. Além disso, a VitalSmarts já treinou mais de 750,000 pessoas em todo o mundo. www.vitalsmarts.com.br

© 2012 VitalSmarts. Todos os direitos reservados. O logo em formato de cabeça, e os termos Cruciais, Habilidades Cruciais e Treinamento Influenciador são marcas comerciais e enquanto os termos VitalSmarts, Conversas Cruciais e Confrontos Cruciais são marcas comerciais registradas da VitalSmarts, L.C.